Visita-ANATEL

Empresas interessadas nos testes com tecnologia 5G visitam laboratórios do CPqD

O CPqD recebeu, dia 13 de novembro, a visita de um grupo de empresas e instituições interessadas nos testes de convivência entre a tecnologia móvel 5G e a transmissão de TV aberta por satélite (Banda C) na faixa de 3,5 GHz, que vêm sendo conduzidos pela Anatel nos laboratórios da organização. Mais de 30 pessoas participaram do encontro, que reuniu representantes de fabricantes de equipamentos e antenas, operadoras móveis e de satélites, empresas de radiodifusão e entidades do setor – como a ABERT e o SindiTelebrasil.

“Foi uma oportunidade de mostrar aos principais interessados como foram feitos os testes e simulações, bem como apresentar alguns dos resultados obtidos”, afirma Antonio Marini de Almeida, da Diretoria de Redes Convergentes, que fez a apresentação aos visitantes. Ele explica que os ensaios realizados no CPqD fornecerão subsídios para os futuros testes de campo previstos no cronograma da Anatel. “O objetivo é avaliar a possibilidade de interferência dos serviços móveis 5G na faixa de 3,5 GHz sobre a recepção de satélite Banda C, que utiliza a faixa de frequência adjacente”, explica Marini.

De acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílio (PNAD), existem no Brasil 20 milhões de antenas parabólicas instaladas em residências que recebem sinais de TV aberta por satélite. “Com a tecnologia 5G operando em 3,5 GHz, faixa de frequência adjacente à utilizada para a recepção de TV aberta via satélite, é necessário realizar ensaios para avaliação da convivência entre as duas tecnologias”, acrescenta Marini.

Após assistir à apresentação, o grupo visitou os laboratórios utilizados nos testes conduzidos no CPqD.