Estudo nacional em IoT conduzido por consórcio integrado pelo CPqD

Estudo nacional em IoT conduzido por consórcio integrado pelo CPQD é lançado em evento no Rio de Janeiro

Ocorreu no dia 12 de dezembro, na sede do BNDES, a cerimônia que marcou o início do estudo nacional em Internet das Coisas (IoT), a ser conduzido por um consórcio formado pelo CPQD, pela consultoria internacional McKinsey & Company e pelo escritório de advogados Pereira Neto | Macedo. Na oportunidade, foi assinado pelo Ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab, e pela presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Maria Silvia Bastos Marques, o termo de cooperação para acompanhamento da execução do estudo. Além disso, foi lançada a consulta pública que visa elaborar o diagnóstico dos principais desafios desta temática no Brasil, que pode ser acessada através do link http://www.participa.br/cpiot.

Para o Presidente do CPQD, Sebastião Sahão Junior, que esteve presente na cerimônia, a Internet das Coisas é uma poderosa alavanca de transformação digital. “Ela permitirá aumentar a eficiência operacional, gerar novos negócios e, ainda, melhorar a experiência do usuário. A possibilidade de conectar o mundo físico ao digital tem profundas implicações para a sociedade e a economia”, comentou Sebastião na oportunidade.

O líder do CPQD para a execução do estudo, Vinícius Garcia de Oliveira, destacou o papel do CPQD nesse contexto. “Vamos mapear a evolução das tecnologias habilitadoras da IoT em nível mundial e identificar as melhores oportunidades para o desenvolvimento da indústria nacional de Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs)”. Segundo Vinícius, o CPQD vai buscar contribuições de outros Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs) e de outras organizações em um grande processo colaborativo.

O estudo terá duração de nove meses e subsidiará a criação do Plano Nacional de IoT, que definirá as políticas públicas e ações necessárias para o desenvolvimento da oferta e demanda da Internet das Coisas no Brasil.

MCTIC divulga consulta que subsidiará política pública brasileira para a Internet das Coisas