Identidade digital baseada em blockchain para acesso a e-commerce é o foco da proposta vencedora de maratona de inovação

Uma aplicação que usa identidade digital baseada em tecnologia blockchain para permitir o acesso a vários sites de e-commerce de forma segura, transparente e com privacidade de dados do usuário. Essa foi a proposta vencedora do hackathon Identidade Digital com Blockchain, realizado pelo CPQD em parceria com a Venture Hub, nos dias 18 e 19 de maio, em Campinas.

A maratona de inovação – a primeira de uma série batizada de InovaTHON – teve 33 horas de duração e contou com a participação de seis equipes, num total de 30 pessoas com perfis variados. “Cada equipe era integrada por técnicos que atuam em desenvolvimento e, também, por especialistas de negócios e designers”, afirma José Rubens Urbini Jr., da Venture Hub. “Todas tiveram de apresentar propostas de aplicações baseadas em identidade digital para diversos desafios sugeridos, como fraudes em e-commerce e rastreabilidade de coisas como medicamentos, alimentos e veículos, por exemplo”, acrescenta.

“O objetivo do hackathon foi trazer soluções inovadoras e disruptivas para problemas reais que envolvem o uso de dados na internet, além de disseminar o conhecimento sobre tecnologias e ferramentas blockchain, como Fabric, Indy, Corda e Ethereum”, ressalta Rodrigo Lima Verde Leal, responsável pelo desenvolvimento do ecossistema blockchain no CPQD. A proposta vencedora, por exemplo, foi criada utilizando o framework de desenvolvimento Hyperledger Fabric, mantido por The Linux Foundation.

Na avaliação de Fernando Marino, também do CPQD, a maratona foi um sucesso, em termos de ideias e de propostas. “Todos os grupos apresentaram, junto com a ideia de solução, uma proposta de modelo de negócio”, conta Marino. “A equipe Vero, que venceu a competição, provou a viabilidade de sua ideia por meio de um protótipo funcional da aplicação, que traz a identidade digital do usuário para o celular, onde ficam retidos os dados comuns solicitados por diferentes plataformas de e-commerce”, explica.

Além de ajudar na organização do evento, o CPQD forneceu infraestrutura técnica (para o porte dos códigos) e mentoria de negócios e técnica. A Venture Hub, plataforma de aceleração de startups e inovação corporativa que une empreendedores, centros de tecnologia, empresas emergentes e grandes corporações, também forneceu mentoria de negócios, além de suas instalações para a realização do hackathon. A maratona teve ainda o patrocínio das empresas Serasa Experian, Oracle, IBM e Matera e o apoio do consórcio R3 de instituições financeiras, disponibilizando mentores e ferramentas próprias para uso das equipes.