Projeto-Everest_notícia

Projeto Everest 2019: CPqD apoia projeto inédito no alpinismo mundial

No momento em que comemora seus 42 anos de existência – 20 deles pós-privatização -, o CPqD inicia um audacioso projeto de reposicionamento, que inclui o lançamento de sua nova logomarca. Como parte desse processo, uma parceria importante foi firmada nesta quarta-feira (29/08) com o alpinista Rodrigo Raineri, um dos mais experientes do Brasil, que contará com o apoio do CPqD em sua nova empreitada: escalar o Monte Everest, na Cordilheira do Himalaia, e descer voando de parapente do cume até a base.

“Com essa parceria, teremos a oportunidade de levar o orgulho e a paixão que sentimos por esta organização à montanha mais alta do mundo”, afirma Raquel Pieroni, diretora de Gestão Corporativa e de Pessoas. “Nosso objetivo é realizar o lançamento da nova logomarca do CPqD no topo do Everest em 2019”, acrescenta.

A logomarca estará estampada na bandeira do CPqD, que Rodrigo vai fincar no topo do Everest, e também nas roupas, acessórios e equipamentos utilizados na escalada. Segundo ele, o Projeto Everest 2019 representa uma quebra de paradigmas no alpinismo mundial, pois incluirá a primeira descida integral em voo solo de paraglider da história desse monte. O voo, de aproximadamente meia hora, será o último desafio após a escalada dos 8.848 metros de altura do Everest, que deverá durar mais de dois meses – de 20 de março a 31 de maio de 2019.

Para o presidente Sebastião Sahão Júnior, o apoio a esse projeto é um marco importante neste momento de transformação vivido pelo CPqD. “As experiências e o espírito inovador de Rodrigo Raineri têm muito em comum com o perfil de nossa organização: ousadia, protagonismo, foco em inovação, quebra de paradigmas, superação, perseverança, resistência, comprometimento e credibilidade, entre outras características”, destaca. “Por isso, estamos juntos nesse projeto”, conclui.

Presidente do CPqD Sebastião Sahão Júnior e alpinista Rodrigo Raineri no momento da assinatura da parceria.