CPQD anuncia criação da BrPhotonics

Resultado de parceria com a norte-americana GigOptix, nova empresa vai atuar na área de componentes fotônicos para sistemas ópticos de alta velocidade

Desenvolver e comercializar, nos mercados brasileiro e internacional, componentes fotônicos avançados para sistemas de comunicações ópticas de alta velocidade – acima de 100 Gbits por segundo (Gbps). Essa é a missão da BrPhotonics Ltda., nova empresa que está sendo criada pelo CPQD em parceria com a norte-americana GigOptix, Inc., uma das principais fornecedoras de componentes semicondutores avançados de alta velocidade para uso em cloud computing e conectividade de data centers, eletrônicos de consumo e aplicações interativas, por meio de redes de comunicação óptica e sem fio.

O acordo para a criação da nova empresa – que fará parte do Universo CPQD e terá sede em Campinas (SP) – prevê a transferência de conhecimento, propriedade intelectual e de tecnologias já desenvolvidas pelo CPQD e pela GigOptix para a BrPhotonics, que assumirá a responsabilidade por seu aperfeiçoamento, evolução e transformação em produtos avançados a serem comercializados globalmente. Assim, a GigOptix vai transferir para o Brasil sua tecnologia Thin Film Polymer on Silicon (TFPS) – ou filme fino de polímero sobre sílicio -, bem como a linha de produção hoje instalada em Bothell, Washington. Já o CPQD transferirá para a BrPhotonics sua tecnologia de fotônica em silício (Silicon Photonics, ou SiPh), sua experiência em encapsulamento óptico e, ainda, recursos de projeto e testes nessa área. Além disso, fornecerá o espaço – dentro do Pólis de Tecnologia – para a instalação da nova empresa.

A composição acionária da BrPhotonics está dividida entre o CPQD (51%) e a GigOptix (49%). A empresa norte-americana atuará como agente de marketing e distribuidora exclusiva dos produtos da BrPhotonics no mercado global, com exceção do Brasil – onde as vendas serão realizadas diretamente pela joint venture.

“Estamos orgulhosos em anunciar a criação da BrPhotonics como um passo estratégico para a evolução e crescimento do ecossistema de empresas de tecnologia fotônica no Brasil”, afirma Hélio Graciosa, presidente do CPQD. “Por meio dessa nova empresa, teremos a oportunidade de levar ao mercado o que há de mais avançado em tecnologia fotônica integrada, que vem sendo desenvolvida no CPQD nos últimos anos, com o apoio do Funttel (Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações), do Ministério das Comunicações, da Finep e do BNDES”, acrescenta Graciosa.

O presidente do CPQD destaca ainda o forte apoio recebido do governo brasileiro para a criação da BrPhotonics. “O plano de negócios da nova empresa, elaborado pelo CPQD e GigOptix, representa uma oportunidade importante para o desenvolvimento de novos componentes ópticos, plataformas de referência e tecnologias”, diz Graciosa. Segundo ele, as atividades complementares de pesquisa e desenvolvimento do CPQD e da GigOptix são a chave que irá direcionar as atividades e futuros produtos da BrPhotonics.

“Esta parceria permitirá levar ao mercado mundial, de forma mais rápida e eficiente, produtos baseados nas tecnologias desenvolvidas pela GigOptix e pelo CPqD”, enfatiza Avi Katz, CEO da GigOptix. “O CPQD traz para a parceria seu valioso conhecimento de fotônica em silício (SiPh), de projeto e de encapsulamento de dispositivos ópticos, enquanto a GigOptix traz seus produtos baseados na tecnologia TFPS e sua profunda experiência em comercialização em âmbito global. Continuaremos concentrando nossos esforços no projeto e manufatura de semicondutores para links de comunicação de alta velocidade, capazes de permitir a transmissão contínua de informações entre o gerador de conteúdo e o usuário final”, destaca.

O portfólio da BrPhotonics deverá incluir uma plataforma de referência 100G (100 Gbps) DP-QPSK no formato de encapsulamento CFP2, com integração de um modulador TFPS. No futuro, está prevista a inclusão de produtos baseados no desenvolvimento da nova geração de plataforma CFP4 (mais compacta e com menor consumo de energia) para transceptores coerentes de 100 Gbps a 400 Gbps, utilizando componentes fotônicos em silício. Com esses produtos, o objetivo é atender à crescente demanda por capacidade de transmissão do mercado, determinada principalmente pelas aplicações e serviços na nuvem (cloud), de entretenimento on-demand e pelo processamento de grandes volumes de dados não estruturados (big data).

Ao incorporar sofisticadas tecnologias TFPS e de fotônica em silício, os produtos da BrPhotonics deverão ser usados em sistemas ópticos avançados de 100 Gbps a 1 Tbps, em redes de fibra óptica de longa distância ou metropolitanas (metro) e para prover conectividade em cloud computing.

A primeira apresentação pública da BrPhotonics – e de seus produtos – ao mercado ocorrerá durante a OFC2014 – Optical Fiber Communication Conference and Exposition, que será realizada entre os dias 11 e 13 de março, em San Francisco, na Califórnia. A nova empresa ocupará um espaço no estande da GigOptix (Booth #1531) durante esse evento, que é um dos maiores do mundo nessa área.