CPqD

CPQD Reconhecimento de Fala

Viabilize conversas entre pessoas e qualquer sistema através do reconhecimento de fala em tempo real.

Sobre a solução

Para oferecer mais eficiência às aplicações de atendimento automatizado aos clientes, conte com o CPQD Reconhecimento de Fala, um recurso online de extrema precisão que reconhece as falas em português.

Para conseguir uma aproximação real e maior engajamento de usuários, o sistema foi treinado com a fala de milhares de brasileiros, contemplando as mais diferentes regionalizações e os sotaques de todo o Brasil.

 

Benefícios

Ganho de tempo, inclusão e satisfação de clientes

Ganhe eficiência reduzindo o tempo de atendimento com iterações automáticas e intuitivas. Além disso, você promove a inclusão de pessoas com pouco conhecimento em tecnologia ou até mesmo, deficientes visuais.

Aplicações possíveis

Assistente virtual
Dê ouvidos a seu assistente.

Chat automatizado por voz
Integre os meios digitais e ofereça respostas precisas aos clientes.

Interação por voz em URA e direcionamento de chamadas
Facilite e agilize o atendimento de forma eficaz.

Preenchimento por voz de formulários
Mais rapidez e exatidão para obter dados importantes.

Atendimento automático em totens
Comodidade e rapidez no atendimento.

Controlar dispositivos por meio da fala
Liberte as mãos. Você pede, ele obedece.

Construir aplicações de ditado de mensagens
A solução para quem precisa encaminhar altos volumes de mensagens.

Integrar fala em aplicativos móveis
Implemente uma solução que irá poupar tempo dos seus usuários.

Funcionalidades

Precisão e robustez em qualquer ambiente

Seja em uma sala isolada ou um ambiente com várias interferências sonoras, o sistema é preciso. Não é necessário processamento prévio do sinal nem cancelamento de ruído.

Além disso, o motor de reconhecimento de fala utiliza algoritmos avançados de rede neural de aprendizado profundo (deep learning) que reconhece a fala contida nos áudios das aplicações com precisão.

Tecnologia baseada em Machine Learning para analisar dados complexos e fornecer resultados mais rápidos e precisos.

Integração flexível e com suporte

O CPQD Reconhecimento de Fala integra facilmente em qualquer aplicação ou dispositivo pela interface HTTP REST, MRCP V1 e V2 ou Websocket.

Além disso, o CPQD disponibiliza o SDK (devkit) para desenvolvimento de software nas linguagens C++ e Java.

Diferentes cenários de uso e processamento eficiente

O produto reconhece a fala livre, para cenários genéricos e sem necessidade de criação de regras sintáxicas e a fala no modo gramatical, em que as gramáticas são escritas no padrão SRGS/SISR como forma de customização para um determinado contexto de uso.

Quando o sistema reconhece algo que não é fala, automaticamente ele remove o silêncio inicial e final do áudio. O resultado é maior aproveitamento do processamento.

O sistema processa o áudio na medida em que é recebido e retorna resultados parciais enquanto a fala é reconhecida. Além do reconhecimento online, o sistema retorna o texto a partir do reconhecimento de áudio pré-gravado no formato PCM linear, com taxa de amostragem de 8 kHz ou 16 kHz.

Serviços Profissionais

Tuning de Aplicação

Elaboração de Gramática

Agende sua conversa

Nossos responsáveis técnicos estão sempre disponíveis e abertos a descobrir como tornar sua empresa ainda melhor!

Agendar uma conversa

Conte com a gente!






21ª edição do WRNP

O 21º WRNP, ocorrido na modalidade online, nos dias 7 e 8 de dezembro de 2020, contou com uma demonstração da Plataforma de IA para o Agronegócio (PlatIAgro) pelo arquiteto do projeto, Fábio Beranizo F. Lopes.

Foram apresentados os motivadores para o projeto e a demonstração de como utilizar as funcionalidades da PlatIAgro, tais como:
• Construção de fluxo de tarefas para treinamento de modelos
• Comparação de resultados dos modelos
• Implantação dos fluxos de tarefas com os modelos treinados
• Demonstração de um modelo em funcionamento por meio de um dashboard que exibe a probabilidade de falha em máquinas agrícolas.

O WRNP é um evento anual que acontece junto ao Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos (SBRC).

Parceria com a WestRock

No início de 2020, CPQD e WestRock assinaram parceria para uso de componentes da Plataforma de Inteligência Artificial para o Agronegócio (PlatIAgro), visando a geração de modelo de machine learning para estimar a melhor data para a próxima manutenção de máquinas carregadeiras utilizadas em sua cadeia produtiva.

O papel desempenhado pelos componentes da PlatIAgro incluía não somente o processamento de dados das máquinas para a geração do modelo mas, também, a implantação e atualização do modelo executado a cada nova captura de dados.

Uma aplicação foi também desenvolvida visando o envio de informações consolidadas para a PlatIAgro, a qual executa o modelo e devolve para a aplicação a quantidade de horas até a próxima manutenção, habilitando a apresentação em um calendário de manutenção das máquinas.

Parceria com a Fundação ABC

A Fundação ABC é uma instituição privada, sem fins lucrativos, que realiza pesquisa aplicada para desenvolver e adaptar novas tecnologias, com o objetivo de promover soluções tecnológicas para o agronegócio aos mais de 5 mil produtores rurais filiados. Ao longo de 2020, foi firmada uma parceria entre o CPQD e a Fundação ABC com o objetivo de utilizar a Plataforma de IA para o Agronegócio, para estimar a quantidade de grãos de milho em uma amostra de espiga. Mais especificamente, a ideia foi realizar essa estimativa a partir de uma foto de uma espiga.

Dessa forma, considerando o conjunto de imagens fornecidas pela Fundação ABC, foram iniciados os primeiros desenvolvimentos em relação à aplicação de predição de número de grãos na espiga do milho. A partir de então, o projeto consistiu em utilizar técnicas de processamento digital de imagens (PDI) e aprendizado profundo com redes convolucionais (deep learning) para atingir esse objetivo.

Todo o pipeline de treinamento do modelo e de inferência foi disponibilizado na PlatIAgro e, a partir do módulo de implantação, a Fundação ABC já poderá conectar sua aplicação para conseguir ter as estimativas da quantidade de grãos a partir de uma foto da espiga.