Alfa-Sense-post

Solução de segurança baseada em fibra óptica desenvolvida pela Unidade EMBRAPII CPQD é lançada no mercado

Resultado de um projeto inovador desenvolvido pela Unidade EMBRAPII CPQD em parceria com a empresa Alfa Sense, que contou com apoio do SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), a solução FENCE LITE chega ao mercado de segurança a partir desta quarta-feira, 09/10. A nova tecnologia, indicada principalmente para a segurança de perímetros, transforma um cabo comum de fibra óptica em sensor de vibração avançado e ultrassensível, capaz de detectar diferentes tipos de ameaças e emitir alarmes em tempo real.

“Trata-se de uma solução que transforma qualquer perímetro em uma barreira de alta segurança”, afirma Hamilton Silva, diretor da Alfa Sense. “O perímetro nunca fica vulnerável, uma vez que o sistema é capaz de detectar todas as possíveis formas de intrusão, seja por meio de tentativa de escalada, corte no alambrado, quebra do muro, corte da fibra, escavação, túneis, ou outras artimanhas utilizadas pelos criminosos, e sem falsos positivos (alarmes falsos)”, enfatiza.

Por ser baseada em fibra óptica, a solução FENCE LITE é imune a raios e interferências eletromagnéticas. Outra vantagem é que sua instalação é simples e rápida, uma vez que não requer infraestrutura em campo (basta fixar o cabo de fibra à superfície a ser monitorada), o que também dispensa a necessidade de manutenção. “Essa nova tecnologia óptica reduz muito o risco de defeitos e vandalismos em campo, pois não há qualquer elemento eletrônico em todo o perímetro; apenas a fibra óptica passiva que atua como sensor, com as vantagens de ser muito confiável, não queimar e ter durabilidade prolongada”, explica o diretor da Alfa Sense.

Ele acrescenta que o FENCE LITE também pode funcionar em conjunto com outras soluções voltadas à proteção perimetral – como câmeras, sirenes, centrais e painéis de alarme, leitores RFID e softwares de terceiros. “Além de detectar a invasão, nossa solução permite identificar a própria intenção de se praticar a ação e ainda informa o local do evento, em tempo real”, ressalta. No caso de uma ameaça, é possível programar ações como, por exemplo, acender holofotes, emitir sinais sonoros ou direcionar câmeras para o local, entre outras.

Segundo Marcos Sanches, gerente de Soluções em Sensoriamento do CPQD, a nova tecnologia é resultado da experiência de mais de 20 anos da organização no desenvolvimento de sensores ópticos para vários setores – entre os quais se destacam energia, óleo e gás e mineração. “A parceria com a Alfa Sense permitiu trazer ao mercado de segurança uma solução inovadora, totalmente desenvolvida no país e adaptada à nossa realidade, que poderá ganhar novas aplicações a partir da evolução dessa tecnologia”, destaca. Sanches afirma que nessa evolução estão previstos o aumento da distância de cobertura (atualmente de 4 km), maior capacidade de monitoramento e maior precisão na localização de eventos dentro da área monitorada.

A solução FENCE LITE foi desenvolvida para ser usada tanto no perímetro de um condomínio pequeno como em áreas maiores (média e grande distâncias). “Criamos um produto avançado, com ótimo custo-benefício, para atender às necessidades do Brasil e da América Latina”, conclui Hamilton Silva.